Maia: 'Se eu pedir qualquer coisa para o Bolsonaro, ele vai fazer o contrário'

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Rodrigo Maia exaltou o trabalho de Raquel Dodge à frente da PGR, dizendo que ela cumpriu um “papel correto, colocou tranquilidade para os Poderes”.

Entretanto, o presidente da Câmara acredita que o seu apoio não seja decisivo para ela ser reconduzida ao cargo.

“Se eu pedir qualquer coisa para o [presidente Jair] Bolsonaro, ele vai fazer o contrário.”

Comentários

  • Luciano -

    Eu votei nele pra isso, ir contra bandidos.

  • James -

    Porque toda vez que o Botafogo abre a boca pra falar ou comentar o NOVO governo (ele gosta dessa palavra) só sai asneira. Quem sabe quando ele decidir algo de acordo com o clamor das ruas acerte!

  • Joao -

    Rodrigo Maia quer governar o Brasil com 60000 votos de cabresto. O presidente da Câmara deveria ser escolhido entre os três mais votados nos Estados. Requisito mínimo.

Ler 100 comentários