Mais 12 anos de prisão para Sérgio Cabral

Não é notícia repetida: Sérgio Cabral foi condenado mais uma vez hoje –agora, a 12 anos e 10 meses de prisão por fraudes a licitações na reforma do Maracanã e no PAC das favelas.

A sentença, da 7ª Vara Federal Criminal –a de Marcelo Bretas–, está relacionada a crimes apurados na Operação Crossover, um desdobramento da Lava Jato.

Outras quatro pessoas foram condenadas, entre elas Wilson Carlos, ex-secretário de Cabral, que pegou 11 anos e seis meses de prisão mais multa.

Não perca a conta: somadas, as sentenças do ex-governador do Rio ultrapassam 182 anos de prisão.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Será que as autoridades brasileiras nunca irão investigar se é lícita a origem do dinheiro que paga os honorários milionários dos advogados de investigados ou condenados por corrupção?

Ler mais 21 comentários
  1. Será que as autoridades brasileiras nunca irão investigar se é lícita a origem do dinheiro que paga os honorários milionários dos advogados de investigados ou condenados por corrupção?

  2. Será que ele fica pelo menos uns dez anos preso ?Ou sai em Dezembro ? Com essa nossas leis e nossa justiça , é bem possível que logo logo estará em casa usufruindo dos seus “lucros”.

  3. Ultrapassou o teto, que é 180 anos de prisão. 1/6 da pena de 180 anos por bom comportamento dá exatos 30 anos que é o máximo que um brasileiro pode ficar preso no Brasil. Outras condenações nad

  4. Chegou a hora: Vamos triplicar os votos para Bolsonaro. Você que apóia o MITO consiga três votos ou mais. Vamos elegê-lo no 1º turno. Espalhe essa idéia. Brasil acima de tudo, Deus acima de todo