Mais amor entre Funaro e Cunha

Amanhã, na 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, o juiz Vallisney de Oliveira continuará ouvindo as explicações do doleiro Lúcio Funaro no processo sobre aquele esquemão do FI-FGTS da Caixa Econômica.

A audiência desta terça-feira provavelmente começará com perguntas feitas pela defesa de Eduardo Cunha. O Antagonista apurou que o advogado Délio Lins e Silva Júnior formulou mais de uma centena de questionamentos ao ex-amigo do seu cliente.

O depoimento de Cunha em si ficou marcado para 6 de novembro, daqui a exatamente uma semana.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 3 comentários
  1. Cunha, o “bom ladrão”. Meu bandidaço de estimação. Vc salvou a Pátria da praga vermelha, e só por isso valeu a pena. Tivesse o cargo de PGR, eu fecharia um acordo com vc, igual aquele do “omi das frechinhas” e os mata-vacas. Aí vc poderia escolher onde morar, mudando-se p’ra NY, Paris, Mônaco, enfim, onde quisesse.

  2. Imaginem o resultado de um cruzamento genétido entre CUNHA e FUNARO! Seria como cruzar MINHOCA com PORCO ESPINHO, dando como filhotinhos um montão de ARAME FARPADO!