Mais que anular

Adriano Pitoli, sócio da Tendências Consultoria Integrada, foi otimista ao prever que a mobilidade social conquistada em sete anos deve ser “praticamente anulada” em três. Basta observar dois parâmetros considerados em seu estudo: recuo da economia em 0,7% ao ano (já há previsão de queda acima de 3% até mesmo para 2016) e desemprego chegando a 9,3% somente em dezembro de 2017 (está hoje em 8,7%).

O PT não anulou o Brasil. O PT destruiu qualquer perspectiva de futuro para o brasileiro.

Faça o primeiro comentário