Mais um exemplo argentino

Amado Boudou, vice de Cristina Kirchner no segundo mandato, está sendo processado por viajar duas vezes em jatinhos de empresários.

O Brasil é ridículo.

Faça o primeiro comentário