ACESSE

Mais um golpe no pacote anticrime

Telegram

Não bastasse a resistência de Rodrigo Maia em dar andamento ao pacote anticrime, entidades que propagam defender “os direitos humanos” farão um ato na semana que vem na Câmara para tentar enterrar a proposta.

Será lançada na quarta (27) uma campanha para desmoralizar o projeto, propondo tudo que a esquerda defende na segurança e que vai na contramão do que prega o governo: soltar mais presos, desarmar a população e endurecer punição sobre policiais.

“As instituições e entidades subscritoras rechaçam as fórmulas primordialmente baseadas no recrudescimento da legislação penal e processual, que têm se mostrado inefetivas e ensejado o aprofundamento da insegurança pública”, diz carta que será entregue a deputados.

À frente do movimento, estão defensores públicos e juízes progressistas, ONGs de “movimentos sociais”, associações de advogados criminalistas, feministas e de defesa da diversidade sexual.

Maia x Moro: novo duelo na corte. Leia mais

Comentários

  • Alberto -

    O Moro é a causa de muitas dores de cotovelo. As estrelinhas do meio judiciário se sentem frustrados com o protagonismo do ministro Moro. É um juiz fora da curva. É o cara!!!!

  • Alonzo -

    Entidades que defendem bandidos,total desrespeito com as famílias enlutadas,60.000 mortes/ano no Brasil, é normal para esses inúteis,acaso bandido tem compaixão?

  • HC -

    Isso é piada kkkkkkkk

Ler 194 comentários