Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mais um "jargão simplório" para a internet

Marcelo Queiroga disse não ter pressa sobre a ordem de Jair Bolsonaro, de quase um mês atrás, para desobrigar o uso de máscaras em alguns casos
Mais um “jargão simplório” para a internet
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em 10 de junho deste ano, em evento no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro esbravejou, como de costume, dizendo que mandaria Marcelo Queiroga assinar um parecer desobrigando quem já foi infectado por Covid, ou vacinado, de usar máscara (releia aqui).

Quase um mês depois, o ministro da Saúde disse ontem, em agenda no Guará (DF), que “não há pressa” para tomar decisão sobre esse assunto.

O ministro afirmou:

“Primeiro, é necessário fazer um estudo científico. Depois que vem o estudo, o parecer é emitido. Não há pressa para se fazer isso. Isso tem que ser feito com base na ciência, o que temos defendido de forma reiterada. O Departamento de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos está trabalhando com essa solicitação que foi feita pelo presidente da República.”

Pelo jeito, definiria o ex-ministro Eduardo Pazuello, a fala do presidente foi mais “um jargão simplório colocado para discussões de internet”Jair Bolsonaro é irresponsável.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO