Mais uma desculpa para a lista fechada

Para Vicente Cândido, relator da reforma política, o elevado custo das campanhas é mais um motivo para o Brasil adotar a lista fechada. Argumenta que ela barateia as despesas dos partidos, segundo a Folha.

Já com o voto proporcional, o orçamento público para custear as campanhas poderia alcançar R$ 6 bilhões no ano que vem.

O que dizer? Às vezes, o barato sai caro; muito caro.

Faça o primeiro comentário