ACESSE

Mais uma dor de cabeça para Bolsonaro

Telegram

Augusto Aras vai decidir se pede ou não investigação sobre uma suposta atuação de Jair Bolsonaro em acertos firmados entre o advogado Frederick Wassef e a concessionária Aeroporto Brasil Viracopos, que mantém negócios com o governo federal, diz a Crusoé.

O PGR emitirá parecer no âmbito de uma notícia-crime apresentada pelo advogado Carlos Eduardo Silva Duarte.

Como O Antagonista revelou, Wassef, que não tem expertise no setor de aviação, foi contratado pela concessionária em 2019 para prestar “consultorias jurídicas e estratégicas”.

Fontes do mercado informam que o contrato de consultoria jurídica e estratégica seria de R$ 5 milhões, mas a concessionária de Viracopos não quis confirmar o valor,  alegando sigilo contratual.

O advogado Carlos Eduardo Silva Duarte pede que Bolsonaro seja investigado pela prática dos crimes de advocacia administrativa e corrupção passiva.

Leia AQUI a reportagem de Ana Viriato.

Leia mais: O combate à corrupção parece estar sob ameaça mais uma vez no Brasil. Clique aqui para ler na íntegra

Comentários

  • Paulo -

    O desgoverno da família Bolsonaro eh tão corrupto que tô o desgoverno ptista. Mas o gado do bozo e o gado do lula nao aceitam que sejam dois corruptos e criminosos.

  • Marcio -

    Se depender de Aras a corrupção pose continuar porque ele vai fazer vista grossa. Aras age como se fosse do lado dos corruptos.

  • Edelson -

    ESSE É APENAS, MAIS UM SEGREDO, QUE O WASSEF TEM GUARDADO DA FAMIGLIA BOLSONARO.

Ler 87 comentários