Mais uma ‘pauta imediata’ para o próximo presidente

Além de articular a aprovação da reforma da Previdência, Jair Bolsonaro, se eleito presidente no próximo domingo, terá o desafio imediato de se debruçar sobre a medida provisória que altera a regulação no saneamento — o texto perde validade em 11 de novembro.

Para especialistas, pontua O Globo, a MP pode aumentar a atratividade do setor à iniciativa privada, que responde por apenas 15% dos investimentos na área. Também ajudaria a destravar projetos.

Atentado a Bolsonaro: saiba com exclusividade o que a PF está investigando AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 28 comentários
  1. Bolsonaro não deve mudar a Previdência, deve mudar a gestão da Previdência. Desvincular o uso do caixa da Previdência pelo governo federal e colocar uma gestão moderna ao estilo de fundos de pen

  2. Com contratos bem desenhados de concessão, a iniciativa privada poderá participar e garantir o cumprimento de metas mínimas de instalação e provimento. As externalidades positivas garantem o reto

  3. Mourão e outros generais deveriam passar a usar toda sua experiência em estratégia para auxiliar Bolsonaro a montar as prioridades. A maior prioridade deve ser respeitar seus eleitores.

  4. Bolso só deveria se manifestar sobre algum tema em 2019, pois Temer é o atual presidente. Ao longo da sua vida política, Bolso nunca foi articulador de nada e deveria delegar esse papel a outrem.

  5. Pauta realmente importante. Saneamento esta diretamente ligada a qualidade de vida. Somente um país com qualidade em saneamento básico progride. É um pilar. Fortaleça-o. Privatize tudo e rapidamen

    1. Ia ser lindo. Mas vai chegar o “sindicato patronal das empresas públicas de saneamento” e o Bolsonaro vai falar “Pra atender nossos apoiadores estamos votando atrás na idéia de privatizar…”

  6. Sem saneamento básico no Nordeste, p.ex., Bolsonaro não consegue trazer a tecnologia de Israel e adaptá-la lá pq ela implica no reuso da água do esgoto, após tratamento deste. Saneamento já!

    1. Com esta tecnologia, Israel exporta frutas, verduras e legumes para toda a Europa. E lá em Israel chove menos que no Nordeste.

  7. Excelente pauta. Logo de início abrir espaço pra grandes projetos privados pra levantar e modernizar o setor de saneamento. Isso eleva todos os indicadores do Brasil. Tudo melhora . Sabedoria Capit

    1. Aliás, este post não passa de 25 comentários. O que é lamentável. Este assunto super importante ficará a segundo plano como sempre. BRASIL-SIL-SIL!!!

    1. Falando em saneamento BÁSICO, sugiro correção do texto caro Luiz.para: “deixaram o país no fundo da fossa” donde saíram as ratazanas petistas para destruir a NAÇÃO brasileira e se perpetuarem