Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Major Olimpio alertou para Bolsolão: "O preço da prostituição fica claro"

Em julho de 2020, o senador do PSL de São Paulo, que morreu de Covid, ainda denunciaria a oferta de R$ 30 bilhões em verbas extras para aliados no Senado
Major Olimpio alertou para Bolsolão: “O preço da prostituição fica claro”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Antagonista tem boa memória.

Em 3 de março de 2020, em sessão do Congresso, o senador Major Olimpio (PSL), que morreu vítima de Covid, discursou contra o poder do relator do orçamento na distribuição de emendas, que acabou resultando no Bolsolão.

“O preço da prostituição fica claro para o povo brasileiro”, disse ele, comentando que o Congresso passaria a controlar o uso de recursos públicos. “São manobras de quem não tem voto”, acrescentou.

Na verdade, o governo Bolsonaro não é vítima, pois topou essa parceria com o Congresso e transferiu para os parlamentares a gestão de bilhões de reais sem critérios claros e sem transparência.

Em julho do ano passado, o senador do PSL de São Paulo ainda denunciaria a O Antagonista a investida do Palácio do Planalto, que, segundo ele, estava oferecendo R$ 30 milhões das chamadas “verbas extras” para senadores aliados: relembre aqui.

Crusoé rastreou o dinheiro do Bolsolão, usado por Jair Bolsonaro para comprar apoio no Congresso Nacional. A reportagem escancara os métodos do bolsonarismo, detalhando os repasses a seus intermediários e agentes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO