Major Olímpio defende declaração de Bolsonaro sobre fome no Brasil: "Força de expressão"

Major Olímpio, líder do PSL no Senado, disse ao Globo que a declaração de Jair Bolsonaro sobre a fome no Brasil foi “uma força de expressão dele”.

“Eu vejo mais como uma força de expressão dele, ele se referindo a alguns países da África, onde tem fome mais intensa, com pessoas de perfil esquelético pelas ruas. Não foi baseada em dados científicos. Ele quis dizer que, com abundância do Brasil, com a capacidade de produção de alimentos, é raro morrer de fome.”

“Acabou tendo uma interpretação errada, de que ele estava desconsiderando o índice de miséria e fome, que é ficar mais de 24 horas sem alimento”, acrescentou o senador.

Mais uma declaração de Bolsonaro que precisa ser explicada.

Comentários

  • Manoel -

    kkk ... a boa e velha isca pra desentocar comunista ainda funciona.

  • Roberto -

    Cadê o assessor? Cadê os ministros? Cadê o bom senso. Presidente eu concordo, mas figura de linguagem , analogia e neologismo não se usam em uma entrevista. Tá dificil apagar incêndios .

  • Maria -

    Deixo claro que votei no Bolsonaro e tenho muita esperança nele! Porém, vamos combinar que ele abusa de declarações bem desnecessárias! Por isso preciso dizer uma coisa que tá engasgada na garga

Ler 116 comentários