Major Olímpio volta a atacar o PSDB

Telegram

Senador eleito e presidente do PSL paulista, Major Olímpio disse ao Estadão que não está apoiando Márcio França no segundo turno no estado –só votará nele por “exclusão”.

A campanha do rival de França, o tucano João Doria, aderiu explicitamente a Jair Bolsonaro, o candidato presidencial do PSL.

“Os dois [França e Doria] são de esquerda, só que um é do PSDB, responsável direta ou indiretamente, na ação ou omissão, pela morte de policiais e agentes penitenciários por 24 anos no estado de São Paulo”, afirmou o senador eleito.

Bolsonaro x Haddad: o que a grande imprensa não conta para você está AQUI

“E eu só disse que não alimento meu carrasco”, acrescentou.

Comentários

  • Valdir -

    Mandaram calar generais e pq não mandam esse major de araque fechar essa matraca! Esse faz parte da velha política! Nem bem foi eleito senador e já está pensando na eleição de governador!

  • Valdir -

    O FDP quer ser candidato ao governo do estado em 2022 e não se importa com a população de São Paulo! Votei nessa múmia por causa do Bolsonaro e espero que, após eleito, dê um jeito nesse idiota

  • joao -

    Major Olímpio é desequilibrado, age com emoção, e nessas hora você tem que agir com a razão , pelo País, lamentável!!!

Ler 146 comentários