ACESSE

As malas sumiram, mas o dinheiro não, diz a PF

Telegram

A Polícia Federal acaba de informar que todo o dinheiro do bunker da propina –R$ 51 milhões– foi contabilizado e depositado em Salvador.

O sumiço de duas das nove malas encontradas no apartamento –com o dinheiro atribuído a Geddel Vieira Lima– havia sido registrado pelo escrivão Francisco Antônio Lima de Sousa.

Segundo a PF, sete malas foram enviadas a Brasília e as outras duas ficaram na Bahia mesmo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 31 comentários