Malta diz não ter sido consultado sobre nomeação de assessora

Em entrevista a uma rádio mineira, Magno Malta queixou-se de Jair Bolsonaro não tê-lo consultado sobre a nomeação de sua assessora Damares Alves, futura ministra dos Direitos Humanos.

“Não fui eu que a indiquei, até porque ele não perguntou para mim”, disse o senador capixaba.

Leia a reportagem em Crusoé:

A deputada do barulho quer ser a capitã de Bolsonaro. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Ainda não entendi ao certo o que aconteceu.Dizer que convidou Malta para vice e ele não aceitou não é desculpa pq andavam juntos até a eleição. Algo grave aconteceu porque Bolsonaro não é des

Ler mais 37 comentários
  1. Ainda não entendi ao certo o que aconteceu.Dizer que convidou Malta para vice e ele não aceitou não é desculpa pq andavam juntos até a eleição. Algo grave aconteceu porque Bolsonaro não é des

  2. E ele tinha que lhe perguntar? Por que? Ele é o presidente e convida quem ele quiser. Você foi convidado para ser vice dele e recusou achando que ele não seria eleito. Que confiança, hein?

  3. Magno Malta sou seu fã, amigo e lhe respeito muito, mas se ela era sua assessora é porque você soube escolher bem , mas não é sua propriedade, e Jair seguiu o mesmo caminho escolhendo ela !

  4. Vamos respeitar a dor do Magno Malta. Perdeu a chance de ser vice-presidente, perdeu a eleição p/ um cidadão gay, disse que ia ser ministro e foi desmentido, viu sua auxiliar ocupar o seu lugar, et

    1. Até hoje só foi direito dos Manos, o melhor é acabar com esse cabide de cabos eleitorais, todos sabem que Direitos Humanos já existe na constituição.

  5. Se a cada ato Bolsonaro for consultar todos os dementes que se arvoram no direito de ser detentores de espaços, pessoas, ideias, cargos, órgãos et caterva, ele nunca, jamais, fará algo! Se toca!!!

  6. BOLSONARO MOSTROU AMOR POR MALTA…… conviou-o para ser seu vice, mas Magno Malta não aceitou. Não pode dizer nada sobre Bolsonaro, ah, pode sim, Elogiar! Ele demonstra que está sendo coerente.