MAM manda à 1ª instância processos de Paes e Jader Barbalho

Seguindo o exemplo de seus colegas de STF, Marco Aurélio Mello mandou para as instâncias inferiores quatro ações penais e 17 inquéritos dos quais é relator, informa O Globo.

Entre eles está um inquérito para investigar o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes e o deputado federal Pedro Paulo, baseado na delação da Odebrecht.

Também estão na lista enviada por MAM inquéritos envolvendo Jader Barbalho, Fernando Bezerra Coelho e Júlio Lopes, entre outros.

Somando tudo, até agora, são 44 casos que os ministros do STF baixaram de instância.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Os números reforçam que a categoria profissional dos políticos é a mais criminosa do Brasil.
    Constatado isto, para esta categoria a presunção de inocência deveria ser suspensa.

Ler mais 10 comentários
  1. Os números reforçam que a categoria profissional dos políticos é a mais criminosa do Brasil.
    Constatado isto, para esta categoria a presunção de inocência deveria ser suspensa.

  2. A PF e o MP tem que concentrar na LAVA-JATO e não perder o foco. O STF é um jogador fortíssimo e a que tudo indica querem entupir de processos as instâncias, certamente estão armando mais alguma treta para antes de outubro.

  3. Ter raivinha de:
    mídia,
    jornal,
    jornalismo,
    do moderno,
    e do não-tosco,
    todo esse aí é porra-louca.
    Toda a esquerda têm essa raiva
    do moderno,
    do jovial,
    do criativo que é
    a imprensa, o jornalismo,
    os jornais tradicionais.

    1. …ou será mandado! Não tem escolha. Nem ” Tem que manter isto, viu?”. Vai no empurra ou vai fora!

  4. Muita gente zoa o Bolsonaro por causa do grafeno, mas as novas telas flexíveis de tablets, celulares etc são feitas desse material. É a tecnologia do futuro. E o Brasil é um dos que tem as maiores reservas. Veja aí: ——– http://tecnologia.ig.com.br/2018-04-01/conheca-o-grafeno.html