Mandado de prisão contra o presidente do PROS

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, deflagrou hoje a Operação Partialis, que investiga desvio de recursos públicos federais destinados à aquisição de gases medicinais em Brasília, Marabá e Altamira, informa o site Metrópoles.

Há um mandado de prisão temporária para ser cumprido contra o presidente do PROS, Eurípides Júnior. A PF, no entanto, ainda não confirmou se o dirigente político já foi preso.

As irregularidades causaram prejuízo de 2 milhões de rais ao erário, segundo os investigadores.

O PROS faz parte da coligação de Fernando Haddad.

Bolsonaro x Haddad: o que a grande imprensa não conta para você está AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 35 comentários
  1. Um bando de vagabundos sem nenhuma ideologia. Esse é o mesmo PROS que comprou nada menos que um helicóptero dias depois de abocanhar o fundo partidário, sem sequer ter deputados eleitos.

  2. O cara rouba dinheiro da saúde, e não pode ser algemado, não pode ser conduzido coercitivamente, é o Brasil ensinando o mundo a combater a corrupção. Chacota no exterior, o Brasil não levado a