Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mandetta: "O eleitor está sendo colocado num jogo combinado entre Lula e Bolsonaro"

Diante da polarização entre o presidente e o petista, ex-ministro defende união da Terceira Via na corrida presidencial de 2022
Mandetta: “O eleitor está sendo colocado num jogo combinado entre Lula e Bolsonaro”
Foto: Reprodução/Youtube/O Antagonista

Em entrevista ao Papo Antagonista nesta quinta (25), Luiz Henrique Mandetta (foto) criticou a polarização entre Lula e Bolsonaro. O ex-ministro afirmou que o presidente e o petista “são iguais” e que o eleitor brasileiro está em uma “armadilha”. 

O eleitor brasileiro está sendo colocado num jogo que é quase combinado entre os dois. Do bom e do mal, do preto e do branco e da dicotomia. Eles se nutrem um do outro, são muito iguais, são muito parecidos nas suas estratégias. Radicalizam bastante, para depois falarem que são pacatos cidadãos. […] E é natural, quando se coloca aqueles que detestam o governo Bolsonaro, eles olham e falam: vou votar no Lula. Por quê? Não é por causa do Lula, é porque eu não quero esse governo. E aqueles falam que vão voltar no Bolsonaro porque não querem o Lula. Então, o eleitor está preso em uma armadilha, em uma areia movediça.”

Diante deste cenário, Mandetta defendeu a união da Terceira Via e disse que o movimento “é a esperança” do país.

“Nós [Terceira Via] somos a esperança, a porta de reencontro do Brasil. O eleitor vai perceber que existe essa porta. As pesquisas mostram que mais de 35% não querem votar em um nem no outro. Agora, o que não pode acontecer é os 4 ou 5 candidatos saindo dizendo ‘eu sou a porta’.”

Mais notícias
TOPO