ACESSE

Mandetta recebe aval para dar palestras e publicar livros

Telegram

A Comissão de Ética da Presidência da República decidiu, em reunião ontem, pela inexistência de conflito de interesses e autorizou o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta a dar palestras e entrevistas.

A publicação de livros também está permitida — o ex-ministro deverá lançar, neste início do segundo semestre, uma obra sobre os cerca de 100 dias que esteve à frente da pasta no governo Bolsonaro, com destaque para as ações de combate à pandemia da Covid-19.

A Comissão de Ética, porém, manteve a caracterização de conflito de interesses e consequente imposição de quarentena legal em relação a outras atividades na iniciativa privada, como consultorias.

A quarentena imposta é de seis meses, a contar da data de sua saída do governo, 16 de abril. Nesse período, o salário de ministro continua sendo pago. O impedimento tem como justificativa o fato de Mandetta ter tido acesso a informações privilegiadas.

Foto: Anderson Riedel/PR

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários