Manifestantes jogam pedras no Carrefour onde morreu João Alberto

Manifestantes jogam pedras no Carrefour onde morreu João Alberto
Reprodução/GloboNews

Manifestantes atiraram pedras no supermercado Carrefour, em Porto Alegre, onde João Alberto Silveira Freitas foi morto ontem, espancado por seguranças.

À tarde, manifestantes foram ao local de forma pacífica, com cartazes contra o racismo.

À noite, um grupo entrou no estacionamento para depredar a loja.

O Batalhão de Choque estava no local e  usou bombas de efeito moral para dispensar os manifestantes.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários
TOPO