Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Manifesto da Fiesp não vai citar Bolsonaro

A adesão da Febraban ao manifesto é vista como uma afronta ao governo
Manifesto da Fiesp não vai citar Bolsonaro
Foto: Alan Santos/PR

A Fiesp pretende publicar na próxima terça-feira um manifesto — assinado por diversas entidades e associações — que pede o gesto de pacificação entre os Poderes.

Como mostramos, a adesão da Febraban ao manifesto deve fazer com que o Banco do Brasil e a Caixa deixem a entidade representativa do setor bancário.

Pessoas ouvidas pelo jornal O Globo que acompanham a elaboração do texto afirmaram que o documento deve ser curto e não citará, nominalmente, o presidente Jair Bolsonaro.

A adesão da Febraban ao manifesto é vista como uma afronta ao governo. Assim que o documento for divulgado, os bancos públicos oficializarão a saída da entidade.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO