Máquina quebra e Fiocruz não entrega vacinas prometidas

Máquina quebra e Fiocruz não entrega vacinas prometidas
Foto: Michael Appleton/Mayoral Photography Office

A Fiocruz descumpriu o compromisso de entregar até ontem 3,8 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford. O prazo foi adiado para sábado.

Segundo O Globo, o diretor de Bio-Manguinhos, Maurício Zuma, disse que “um dos motivos do atraso é a máquina recravadora de uma das duas linhas de processamento da vacina, que teve de ficar parada uma semana após apresentar falhas”.

Para tentar resolver o problema o mais rápido possível, a Fiocruz precisou comprar peças na Itália — país de origem do fabricante da máquina.

Leia mais: O furo de reportagem de O Antagonista sobre a mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília é dissecado na edição desta semana da Crusoé
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO