Maranhão acata o pedido de “formalização”

Waldir Maranhão também acata o argumento de JEC de que a decisão na Câmara demandaria uma formalização por meio de “resolução”:

“O resultado da votação deveria ter sido formalizado por resolução, por ser o que dispõe o regimento interno da Câmara dos Deputados e o que estava originalmente previsto no processamento do impeachment do presidente Collor, tomado como paradigma pelo STF para o processamento do presente pedido de impeachment.”

Vigarista chicaneiro, vigarista chicaneiro, vigarista chicaneiro…

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 10 comentários
  1. Eduardo cunha tem o direito de sair matando esses petistas safados do STf que estão achando que podem mandar no legislativo, é uma afronta aos poderes. Estamos sim numa ditadura comunista e judiciaria.

  2. Tem que tirar essas mordomias de Lulla e Dilma isso sim.. Muita bandidagem, muito fácil pro seu Lula, filhos, esposa, Dona Dilma e ex-maridos, filha e neto.. Será que ninguém consegue fazer alguma coisa pra tirar esse poder do Lula???

  3. Essa é fácil : – Ele tem direito ao seu mandato de deputado e presidente da câmara , pelo prazo determinado, enquanto não for cassado ou impedido por condenação de crime ou coisa que o valha, julgado naquele foro onde ninguém é condenado a nada, exceto nos casos onde o indiciado afronta o bolivarianismo petrálhico. O resto é groselha.