Maranhão jura de pé junto

O PT, em sua agonia, não conta apenas com Waldir Maranhão.

Conta também com Silvio Costa, do PTdoB, o deputado que chorou na Câmara depois da derrota de Dilma Rousseff.

Silvio Costa disse à Folha de S. Paulo que seu comparsa Waldir Maranhão se comprometeu a dar seguimento ao pedido de impeachment de Michel Temer:

“Eduardo Cunha engavetou isso, obviamente. Mas, agora, Waldir me jurou de pé junto que vai cumprir a Constituição. Se os líderes não enviarem os nomes, cabe a nós recorrer ao STF”.

O Antagonista jura de pés juntos que a Constituição não admite o impeachment de vice-presidentes.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 45 comentários
  1. Neto, as pessoas têm a ilusão de que o salário do funcionalismo público aumenta a cada semana. Dizer que se deve atrelar o seu aumento ao do salário mínimo é prova disso. Acho que todos os funcionários públicos adorariam essa vinculação.

  2. Giusti, se o salário mínimo fosse atrelado ao do judiciário, estaria quase congelado e hoje talvez fosse uns R$ 500,00 hoje. De 2008 pra cá, o reajuste do salário mínimo foi maior que 100% e o do judiciário uns 20%. Conseguir 40% escalonado até 2019 não chega nem perto de repor as perdas com a inflação acumuladas nos últimos anos.

  3. No dia em q atrelarem o reajuste do salário mínimo ao reajuste do Judiciário, aí sim teremos uma verdadeira justiça social para com os aposentados do INSS. As pessoas pagaram sobre o teto durante décadas e hj não recebem nem metade do q teriam direito. Qdo, enfim, os aposentados da iniciativa privada tbm farão jus aos tais “direitos adquiridos”?

  4. Só lamenta, como colocado por Tereza, o nível de alguns que aqui postam, muitos a quem, provavelmente, formou e defendeu nessas quase 3 décadas. Muitos, hoje, usufruem do que produzi (médicos, dentistas, biólogos, farmacêuticos, etc.) Continuo estudando, inclusive comportamento.

  5. Ângela começou na iniciativa privada aos 13 anos, meu bem, para ajudar no sustento da família que não vivia de assistencialismo. Ascendeu graças aos esforços próprios, que não foram poucos, e por 15 anos trabalhou formando profissionais na área de saúde (universidade) e mais 15 anos em defesa dos direitos da sociedade, sim, no serviço público, sem olhar para o relógio. Sem procrastinar. Hoje, aposentada, apesar de ter seus rendimentos carcomidos pela inapetência e inépcia deste governo, pode se dar ao luxo de postar a qualquer hora. Só lamenta, como colocado por Tereza, o nível de alguns que a

  6. Funcionário público federal morando debaixo da ponte?! Hahaha Quero ver se produzissem alguma coisa e tivessem que sobreviver trabalhando para a iniciativa privada… Chororô, Angela.

  7. Um dos momentos mais ridículos da vida pública de alguém, foi a “feitiçaria da longitude” a que Janot se submeteu em sessão do STF para alfinetar a ordem da votação do impeachment na Câmara. Janot não tem do que reclamar. E os colegas de Janot que reclamem com…Janot!

  8. Se fizeram isso com o MPF, que põe medo nos políticos, tenho pena da PF e da Receita, pois estão no Executivo e podem apanhar sem restrições do Congresso e, em especial, do PT, do PMDB e do Cunha. Creio que delegados e fiscais, além de ficarem sem reajuste salarial, vão sofrer redução de vencimentos (perguntem se algum dos 22.000 cargos de livre indicação será extinto, a reposta é não – na verdade vão ampliar as boquinhas, incrivelmente com apoio de jornais como o Estadão). Mais vagas para políticos e seus apadrinhados e cabos eleitorais, estamos lascados…

  9. O Cunha, malandro como sempre, dando uma no cravo e outra na ferradura! Deve ter aprendido estas traquinagens nas igrejas da vida. Cunha, o Presbítero. Assim dizia Alexandre Herculano, lá na terrinha de antanho!…

  10. Vamos ser francos, o Brasil nunca vai valorizar aquele que realmente estuda e trabalha muito. Não é por menos que tivemos um analfabeto e vagabundo presidente por duas vezes e agora uma terrorista. Terceirizemos a justiça para a indonesia fuzilar todos os transgressores de qualquer lei e utilizemos o restante desse orçamento de 100 bilhões anuais pra dividir entre nós que não queremos mais estudar e trabalhar. Socialismo já. Não quero mais ser servidor. Quero ser vagabundo e mamar nas tetas do governo!!!

  11. Xavier, não adianta argumentar. Sempre se repetirá o anátema: “reajuste do Judiciário?? Sou contra!”. Antolhos colocados, somente esta versão é aceita. Argumentar sempre soará como defesa injustificada de “privilégios” em detrimento do povo trabalhador.

  12. Não existe 41%, na verdade o reajuste Eh de 23%. Quando se soma 5% pra nível superior e 13% de incorporação de vantagens atrasadas aparece isso. São 10 anos de salário congelado e esse reajuste será concedido em parcelas até 2019. Já tem orçamento aprovado

  13. O Cunha e demais deputados federais devem ter em mente que o PL da matéria se refere aos servidores e não aos Procuradores que têm tido seus reajustes garantidos, antecipadamente, bem como o que considero privilégios indevidos como é o caso do auxílio moradia. Os servidores, no passo que vai, logo terão que se mudar para debaixo da ponte. Distribuição igualitária da miséria: eis o socialismo.

  14. Se não quiserem terceirizar o judiciário, então lanço a ideia de passarmos mais 10 anos sem reajuste da inflação, pois sim esses 47% não recuperam os 80% de inflação que consumiram nesses últimos 9 anos. Pega o orçamento do judiciário e usa logo pra pagar os direitos trabalhistas não pagos, as indenizações cíveis e aqueles que ficaram pobres por conta da crise econômica. Justiça pra que gente??? Só serve pra tirar dinheiro do povo. Vamos distribuir esse dinheiro entre todos, todo mundo feliz, socialismo para todos. Eu não quero mais ser servidor, quero distribuição igual desse dinheiro!

  15. Vitor, vc não está entendendo. O juiz, o promotor, assim como todos os funcionários públicos, têm que trabalhar unicamente pela vocação. Se quer salário vai para a iniciativa privada . Todos os servidores públicos deveriam trabalhar de graça, se alimentar de luz e morar em convento. Se servidor público quer ter reajuste salarial, então ele é um pecador, desvirtuando o próprio sentido de abnegação pela vida pública .

  16. Realmente, nós do judiciário não deveríamos ter salário nunca. Aliás, nem mesmo deveríamos receber salário, mas sim prestar um serviço não remunerado a bem do serviço público, mesmo que tenhamos estudado o ensino médio, superior e/ou graduações. Afinal, prestamos um serviço que não tem importância alguma, justiça para que se o brasileiro nunca aprende a lição? Vou dar-lhes uma idéia para baratear o serviço que desprestamos: vamos terceirizar a justiça! Contratemos os chineses para proferir sentenças e executá-las com um custo mínimo. O R$ que sobrar daremos aos pobres, aos corruptos q precisam

  17. Todo mundo se vacinando contra o aumento de impostos que virá para pagar o preju decorrente do “Projeto” do PT que, nos tempos do oba-oba, contou com 82% de aprovação. Quem vai acabar pagando o pato são os 18% que desaprovavam a aventura, nos quais estou incluída.

  18. O Antagonista, o MPU e o STF tiveram o projeto de aumento salarial aprovado nesta última terça http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/05/03/camara-aprova-aumento-salarial-para-mpu-e-stf.htm

  19. Esse tipo de servidor ganha tanto que não faz nem diferença. É absurda a quantidade de regalias que esse pessoal da justiça tem, além de salários acima do teto. Nos indignamos muito com políticos, deveríamos nos indignar também com os tribunais e procuradorias da vida. O STF alterou o rito do impeachment, jogou a decisão pro senado, colocou Lula, um cidadão sem foro privilegiado debaixo de suas asas permitindo que comprasse votos de deputados usando recursos federais, acumula 12 inquéritos de Renan Calheiros… Os corruptos se valem das decisões do STF.

  20. Antagonistas, vocês estão confundindo “servidores” do Judiciário e do MPU (que tiveram aprovada a urgência na análise dos seus Projetos de Lei para reajuste salarial) com os “membros” do Judiciário (juízes) e do MPU (procuradores).

  21. FRancisco 7 minutos atrás Não fala isso não!! De 2011 a 2016 o salário mínimo aumentou 62,96%, enquanto que o salário do STF aumentou 26,34%. Cuidado quando for repetir isso por aí!

  22. Renan também tem que ser afastado da presidência do Senado e cassado. Se não fosse o Cunha a Dilma seguiria destruindo O Brasil. O Cunha tem toda a razão em retaliar a atuação seletiva do MPF. Por que o Janot não pede também o afastamento do Renan? Fogo neles Cunha!

  23. Todo mundo perdendo ou preocupado com seu emprego, todo mundo cortando despesas e adiando planos, e Brasília mais uma vez mostra a sua cara, em completa dissonância com seus patrões, o povo brasileiro. Inacreditável! Mas uma coisa foi boa, a vingança do Cunha. Toma Janot!

  24. Os reajustes estão errados porem não dar reajuste a turminha do Janó está certo. Quem é da politica sabe muito bem que Eduardo Cunha sempre foi o preferido do poodle da dilma eu hein, hipocrisia estamos sempre vendo. Mesmo depois do impeachment ainda perseguem porque a petralhada quer a presidência da câmara.

  25. Janot sentou em cima de muitos pedidos de investigação. Demorou muito, até que o molusco fez uma crítica e, a partir daí, o tartaruga da PGR resolveu acelerar o passo para 1km/h.