ACESSE

Marcelinho Carioca embola o meio de campo no PSL

Telegram

Marcelinho Carioca deixou o meio de campo embolado no PSL, que já é um time sem entrosamento.

O ex-jogador de futebol, conhecido como “Pé de anjo”, se filiou ao partido em São Paulo nos acréscimos do prazo para conseguir participar do campeonato deste ano. Ele quer uma vaga de titular de vereador, mas sua escalação, ainda incerta, criou um atrito entre o técnico e a diretoria.

Marcelinho, segundo o deputado federal Júnior Bozzella, que comanda o PSL em São Paulo, chegou ao grupo querendo destaque: teria pedido cargos e R$ 3 milhões de fundo partidário. Bozzella deu um chega para lá nele e descartou a candidatura do “Pé de anjo”, que tem passagens por PT, PSB, Podemos e Republicanos — ele já tentou ser eleito seis vezes.

Com a confusão instalada, Marcelinho recorreu a Jair Bolsonaro: o ex-jogador foi recebido pelo presidente da República nesta semana, com quem posou para foto e gravou vídeo animado com a camisa do Corinthians.

Ontem à noite, Antonio Rueda, vice-presidente nacional do PSL e muito ligado à família Bolsonaro, principalmente ao hoje senador Flávio, publicou no Instagram oficial do partido uma mensagem (veja abaixo) confirmando a candidatura de Marcelinho, desautorizando, assim, Bozzella.

Haja coração.

Leia mais: O Centrão quer dominar sua 'casa'. Entenda como

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários