Marcelo Bretas vai julgar Helena Witzel

Marcelo Bretas vai julgar Helena Witzel
Foto: TJ-ES

O Superior Tribunal de Justiça decidiu devolver para o juiz federal Marcelo Bretas o processo em que Helena Witzel é acusada de intermediar o pagamento de propina para o governador afastado Wilson Witzel.

Mesmo fora do governo, ele mantém o foro privilegiado no STJ, mas Helena e outras sete pessoas denunciadas no caso — incluindo o empresário Mário Peixoto — serão processadas na 7ª Vara Federal do Rio, onde começaram as investigações.

No mês passado, o STJ havia enviado para a Justiça estadual o processo contra quem não tinha foro privilegiado. Hoje, após recurso do Ministério Público Federal, o caso voltou para a Justiça Federal.

O processo envolve pagamento de R$ 554 mil ao escritório de Helena Witzel por empresários que mantinham contratos com o governo do Rio para gestão de hospitais públicos.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO