Marcelo Odebrecht era o patrão da “classe operária”

No seu depoimento, Marcelo Odebrecht disse:

“Eu não era o dono do governo, eu era o otário do governo. Eu era o bobo da corte do governo.”

Vitimização calculada. O dono da bola era o patrão da “classe operária”.