Marcelo Odebrecht: “Ordenei todos os pagamentos das planilhas italiano e pós-itália”

Em seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, Marcelo Odebrecht disse que ordenou todos os pagamentos das planilhas italiano (onde estava a subconta amigo) e pós-itália.

A primeira era administrada por Antonio Palocci e, a segunda, por Guido Mantega.

Marcelo Odebrecht disse ainda que se surpreendeu ao saber que houve pagamentos de propina a políticos. Segundo ele, a orientação era não haver repasses diretos, somente indiretos, por meio de marqueteiros ou outros intermediários.

Ele explicou por que Palocci era o “italiano” e Lula era o “amigo”.

“Pessoas politicamente expostas, a gente preferia usar apelidos.” Segundo Marcelo Odebrecht, Palocci foi seu principal interlocutor no governo Lula, até 2011.

 

14 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Carmem Lúcia deixa passar e abre passagem. De Paris Gilmar, o sorteado, manda. Caiu na mesa do Morais, vai para a gaveta. Carmem Lúcia, omissa. Escolhida a dedo, não é novidade.

  2. Onde vai parar nosso país? Com essas pessoas no poder, deveria ter pena mais rígidas para políticos corruptos, quem roupa deveria pagar igualmente um ladrão comum ir para presídio comum, devolver tudo que roubou e ainda pagar multas altíssima e ficar um bom tempo na cadeia .

  3. O “Amigo” então é o Lula mesmo
    Assunto encerrado
    Parabéns procuradores do Paraná, parabéns Juiz Sérgio Moro, parabéns a todos os jornalistas que defenderam a manutenção da Prisão do Marcelo Odebrecht, que lutaram pela delação da empresa. Enfim, parabéns Antagonistas. Foi uma luta árdua, desde junho de 2015, quando o Marcelo Odebrecht foi preso. A campanha do Reinaldo Azevedo para soltar o Odebrecht e para impedir que a delação dele não fosse homologada pela Carmen Lúcia não deu certo, graças a Deus.

  4. Parece que tem BURRICO que ainda não ficou sabendo DA CAGADA QUE FOI A “DELAÇÃO DIRECIONADA” CONTRA TEMER E AÉCIO!!! Tudo um CONLUIO criminoso, de membros da PGR, do STF e de Joesley!!!

  5. Que maldade.
    Palocci e Mantega nunca receberam nada de ninguém. Pura safadeza.
    E o Amigo não existe. É pura invenção do capitalismo internacional pra tentar desmoralizar um pobre operário que se tornou presidente da república de um pujante país .

  6. Marcelo, que é delator, negou peremptoriamente qualquer atuação em relação aos 8 contratos indicados na denúncia e ainda que tenha tratado de qualquer contrapartida em relação a esses contratos em favor de Lula.

    Com esse depoimento Marcelo destrói a acusação apresentada pelo Ministério Público Federal. Lula foi acusado nesse processo porque segundo a versão do MPF ele teria recebido 2 imóveis em contrapartida por ter atendido a pedido de favorecimento de Marcelo Odebrecht em relação a esses 8 contratos firmados pela Petrobras.

    http://www.averdadedelula.com.br/pt/2017/09/04/depoimentos-desmontam-acusacao-contra-lula/