Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marcelo Ramos: "Se Bolsonaro vetar, não tem fundo eleitoral"

O volume de recursos públicos para bancar as campanhas saltou de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões
Marcelo Ramos: “Se Bolsonaro vetar, não tem fundo eleitoral”
Reprodução/Marcelo Ramos

O deputado Marcelo Ramos (PL), vice-presidente da Câmara, afirmou que, caso o presidente Jair Bolsonaro vete o aumento do fundo eleitoral, não haverá recursos para utilização nas campanhas. 

O artigo diz que o fundo eleitoral passa a ser 25% da verba que o TSE vai usar para a eleição. Se tirar esse artigo, não tem fundo eleitoral”, afirmou Ramos ao UOL.

Quando você estabelece um valor, o presidente pode vetar parcialmente. Nesse caso não foi estabelecido o valor, mas um percentual. Bolsonaro não pode vetar os 25% e passar, por exemplo, para 10%.”

O volume de recursos públicos para bancar as campanhas saltou de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. O “golpe do fundão”, aprovado a toque de caixa, ocorreu na última sessão do Congresso antes do recesso parlamentar.

Como noticiamos, o aumento do fundão foi acordado e planejado com a maioria das lideranças partidárias, na Câmara e no Senado, há semanas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO