Márcio Bittar declara apoio a Simone: "A disputa embolou"

Márcio Bittar declara apoio a Simone: “A disputa embolou”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Márcio Bittar, do MDB do Acre, disse a O Antagonista que acompanhará seu partido, o MDB, e votará em Simone Tebet para presidente da Casa.

“Reconheço o papel fundamental exercido por Davi Alcolumbre em um dos momentos mais difíceis do país nesses dois últimos anos e admiro Rodrigo Pacheco, que considero um dos mais preparados colegas. Mas, com a decisão dos colegas da bancada de retirarem seus nomes a favor da unidade, não posso ser eu o desagregador. Portanto, devo acompanhar minha bancada.”

Bittar, que é um dos vice-líderes do governo Bolsonaro no Congresso — o Planalto está apoiando Rodrigo Pacheco (DEM) –, acrescentou que “aconteceu o inesperado na bancada do MDB”.

“Dividido com várias candidaturas, caminhávamos para mais uma derrota. A atitude do líder, Eduardo Braga, de retirar seu nome, acompanhado em seguida por Eduardo Gomes e Fernando Bezerra Coelho, deu o fôlego necessário à senadora Simone Tebet. Entendo que agora a disputa embolou.”

Leia mais aqui sobre a disputa no Senado.

Leia mais: Crusoé expõe o que está na mesa de negociações pela sucessão na Câmara e no Senado, entre elas a liberação bilionária de emendas, oferta de ministérios, promessas de implosão da Lava Jato, entre outras
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários
TOPO