Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marco Aurélio aponta 'execração' de Moro em julgamento da suspeição

Ministro criticou uso de mensagens roubadas para declarar parcialidade de ex-juiz no caso do triplex
Marco Aurélio aponta execração de Moro em julgamento da suspeição
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

No julgamento que vai confirmar a suspeição de Sergio Moro no caso do triplex, Marco Aurélio afirmou que afirmou que a decisão da Segunda Turma contra o ex-juiz “maltratou o devido processo legal” e disse que houve “execração de magistrado que honrou o Judiciário”.

“Adotou postura de imensa coragem ao enfrentar corrupção, sendo condenados e também absolvidos inúmeros réus, fez a colaboração premiada e contratos de leniência com devolução de bilhões de reais aos cofres públicos”, disse.

“Sim, o juiz Sergio Moro surgiu como verdadeiro herói nacional. Então, do dia para a noite, ou melhor, passado algum tempo, é tomado como suspeito, e aí caminha-se para dar o dito pelo não dito, em retroação incompatível com os interesses maiores da sociedade, do Brasil. Dizer-se que a suspeição está revelada em gravações espúrias é admitir que ato ilícito produza efeitos”, afirmou.

Destacou que, embora as mensagens roubadas pelos hackers não tenham a autenticidade confirmada, as conversas de Moro com Deltan Dallagnol eram “diálogos normais”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO