O estranho caso de Marco Aurélio e Mr. Hyde

Para justificar a volta de Aécio Neves ao Senado, Marco Aurélio Mello disse:

“O Judiciário não pode substituir-se ao Legislativo, muito menos em ato de força a conflitar com a harmonia e independência dos Poderes.”

É o mesmo Marco Aurélio que determinou o afastamento de Renan Calheiros da presidência do Senado, em dezembro do ano passado.

Faça o primeiro comentário