Marco Aurélio estranha

Marco Aurélio Mello acha que vivemos “tempos estranhos”.

Ele deve estranhar que corruptos estejam sendo condenados.

Faça o primeiro comentário