Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marco Aurélio mantém pedido para que Bolsonaro explique fala a apoiadores

Em março, Jair Bolsonaro criticou as medidas de isolamento e disse que "estão esticando a corda"
Marco Aurélio mantém pedido para que Bolsonaro explique fala a apoiadores
Foto: Nilson Jr/SCO/STF

O ministro do STF Marco Aurélio Mello negou um pedido da AGU para reconsiderar a decisão que pediu explicações a Jair Bolsonaro sobre declarações dadas em março, quando ele defendeu o uso das Forças Armadas para a “manutenção da liberdade” na pandemia.

No dia 21 de março, Bolsonaro criticou as medidas de isolamento social e afirmou que “estão esticando a corda”.

“Alguns tiranetes ou tiranos tolhem a liberdade de muitos de vocês. Contem com as Forças Armadas pela democracia e pela liberdade. Estão esticando a corda, faço qualquer coisa pelo meu povo. Esse qualquer coisa é o que está na nossa Constituição, nossa democracia e nosso direito de ir e vir.”

O pedido de esclarecimentos partiu do deputado Elias Vaz Andrade (PSB-GO).

A AGU disse que não caberia ao parlamentar acionar o tribunal, porque não foi diretamente atingido pela declaração do presidente.

Marco Aurélio Mello afastou o entendimento sobre suposta ausência de interesse processual do deputado.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO