Marco Aurélio rebate PGR e diz que discurso de Bolsonaro foi 'manifestação política infeliz'

Telegram

Marco Aurélio Mello, em seu voto, defendeu a liberdade de manifestação de Jair Bolsonaro. Disse que seu discurso foi feito num contexto de crítica à política de demarcação de terras.

“Não houve desumanização dos quilombolas. É descabido confundir o interesse na extinção das reservas com a supressão dessas minorias. O contexto da fala é o da manifestação política, que não extrapola os limites da liberdade de expressão, ainda que infeliz.”

Comentários

  • Otávio -

    Alguém na Pgr deve estar espantando moscas e embolsando um polpudo salário para perder tempo com bobagens. Com tanto ladrão solto, a PgR se preocupa com Bolsonaro. Esse é o Brasil que não quero!!

  • Ivanir -

    Qdo não tem o que fazer, inventa-se! Vão julgar o monte de processo atrasado, isso sim!

  • Homem -

    Não se deve chamar gordo de gordo, negro de negro, mulher de mulher, gay de gay. E sobretudo, nenhum eufemismo! Sugiro aprendermos a linguagem dos sinais - neutros. Niiiiii!

Ler 38 comentários