Marco Aurélio relativiza a lei

Ao proferir o seu voto — favorável à manutenção de WC no Ministério da Justiça –, Marco Aurélio Mello afirmou:

“Estamos praticamente no pico de uma crise sem precedentes. Cabe atuar com serenidade, temperança e apego ao direito positivo. Não tenho a menor dúvida de que essa decisão do Supremo acaba agravando a crise institucional vivenciada.”

Marco Aurélio Mello relativizou a lei.

Faça o primeiro comentário