Marco Aurélio suspende depoimento de Bolsonaro

Marco Aurélio Mello acaba de suspender o depoimento presencial de Jair Bolsonaro, assim como a tramitação do inquérito que apura a interferência do presidente na Polícia Federal.

Mais cedo, o ministro avisou que daria liminar no pedido da Advocacia-Geral da União e enviaria o caso para discussão de mérito no plenário do STF.

A AGU, que faz a defesa do presidente, quer o depoimento por escrito.

Até decisão final do plenário sobre a forma do interrogatório, fica suspenso o efeito da intimação da PF para que Bolsonaro prestasse depoimento presencial na semana que vem.

“Cumpre, por cautela, suspender a sequência do procedimento, de forma a preservar o objeto do agravo interno e viabilizar manifestação do Ministério Público Federal”, escreveu Mello.

Leia aqui a íntegra da decisão.

Leia mais: Exclusivo: segundo Marcelo Odebrecht, a empreiteira chegou a “pagar caro” a um escritório autorizado por Toffoli para “intermediar” a relação entre eles
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 222 comentários
TOPO