Feliciano rechaça apoio de evangélicos à jogatina e diz que Angelo Coronel faz "politicagem"

Feliciano rechaça apoio de evangélicos à jogatina e diz que Angelo Coronel faz “politicagem”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Como noticiamos, o senador Angelo Coronel (PSD), relator de um dos projetos para legalizar a jogatina no Brasil, sugeriu que a bancada evangélica apoie a proposta, “como contrapartida à anistia às igrejas”.

O deputado Marco Feliciano (Republicanos) rebateu, dizendo que “a proposta indecente do senador talvez mostre seu jeito de fazer política”.

“Na boa política, valores não são negociáveis. Já na politicagem, tudo é negociável, só depende do valor. A consciência dos parlamentares evangélicos não está à venda.”

Feliciano negou que as igrejas estejam querendo isenção fiscal, mas, sim, “apenas exigindo respeito à Constituição, que dá imunidade tributária a todas as religiões”.

O deputado da bancada evangélica também afirmou que “os jogos da fortuna a que se refere o senador fazem a miséria do povo mais pobre”.

Leia mais: 2022: Bolsonaro e PT disputam os evangélicos
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO