Marconi Perillo vira réu em Goiás

O juiz da 8ª Vara Criminal de Goiânia, Ricardo Prata, determinou abertura de ação penal contra o ex-governador tucano Marconi Perillo pelo crime de corrupção passiva, informa Fausto Macedo.

A decisão é do dia 6. Perillo é acusado de ter tido parte de uma dívida de campanha eleitoral, no valor de R$ 90 mil, supostamente paga em troca de um aditivo em contrato do estado com a Delta Engenharia.

Tornaram-se réu pela mesma acusação Fernando Cavendish e Cláudio Dias Abreu, da Delta, além de Carlinhos Cachoeira. A PGR acusa o bicheiro de usar suas “estreitas relações” com agentes políticos de Goiás em favor da empreiteira.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 5 comentários
  1. Fernando Haddad,Gleisi, Renan todos sao réus no brasil,ser réu é fichinha,ate condenado quer ser presidente,o problema é o JUDICIÁRIO q abre as brechas como uma prostituta velha para corruptos😈😈