Marconi Perillo vira réu em Goiás

Telegram

O juiz da 8ª Vara Criminal de Goiânia, Ricardo Prata, determinou abertura de ação penal contra o ex-governador tucano Marconi Perillo pelo crime de corrupção passiva, informa Fausto Macedo.

A decisão é do dia 6. Perillo é acusado de ter tido parte de uma dívida de campanha eleitoral, no valor de R$ 90 mil, supostamente paga em troca de um aditivo em contrato do estado com a Delta Engenharia.

Tornaram-se réu pela mesma acusação Fernando Cavendish e Cláudio Dias Abreu, da Delta, além de Carlinhos Cachoeira. A PGR acusa o bicheiro de usar suas “estreitas relações” com agentes políticos de Goiás em favor da empreiteira.

Comentários

  • Paulo -

    90 mil é trocado. isto é perseguição.

  • GUSTAVO -

    marconi tá queimado aqui em goias, a gota d'agua foi a fazenda de 10 milhoes que ele tem pirenopolis que não tem explicação de onde tirou esse dinheiro

  • Maria -

    Ontem, Alexandre Baldy, o amigão do doleiro Milton Lyra, estava belo e faceiro em Aparecida de Goiás fazendo campanha pro Vilela!

Ler 6 comentários