Marin será extraditado amanhã

José Maria Marin, o ex-presidente da CBF preso em Zurique, será extraditado amanhã aos EUA, informa o Estadão. Graças a um acordo com o FBI, o cartola brasileiro vai ficar em prisão domiciliar em seu belo apartamento na Quinta Avenida.

Marin já se disse disposto a colaborar e entregará parte significativa de seus bens à Justiça americana. O FBI espera convencê-lo a entregar os crimes de Marco Polo Del Nero, Ricardo Teixeira e Kleber Leite.

Se o FBI chegar em Del Nero e Teixeira, alcançará também o PT e Lula.