Marina diz que não vai mudar estratégia de campanha

Marina Silva, a presidenciável que sofreu a maior queda nas pesquisas, disse que não pretende mudar a estratégia de campanha, registra a Folha.

“A estratégia é continuar falando a verdade. Ninguém pode fazer discurso de oportunismo em função de querer ganhar voto. Nossas métricas têm ética. Nós não fazemos o discurso da conveniência”.

Apesar do discurso sobre a manutenção da estratégia, a propaganda eleitoral da Rede elevou o tom dos ataques ao PT.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 29 comentários
  1. Se ela fosse “do bem”, diria tudo o que sabe sobre a corja petista, pois era parte integrante da máquina. Trabalhava como ministra de Lula e nunca abriu o bico para contar o que sabia. VERME.

  2. Face Bolsonaro, 6:00de 15/09: 6.136.000; HOJE,16:55 hs: 6.195.289 pessoas estão seguindo isso. Com a palavra os “estatísticos”; diferença de = ou – 60 mi em 34hs!17 no primeiro turno!”ESPIA”!!

  3. “Nós não fazemos o discurso da conveniência” Você, Marina, faz a mágica da aparição a cada 4 anos. A mágica da aparição sempre vem acompanhada pelo ilusionismo das promessas. Depois, vem

  4. Essa esquerdista gourmet paga o preço por se mostrar hipócrita. Ela não fala a verdade. Ela se esquiva de se posicionar em relação a nada. Tudo diz que vai debater, discutir, plebicito.

    1. Não, cyberfilhadaputa a soldo!! Estamos atentos, sua ESCROTA!!! Antes que eu me esqueça, vai tomar no olho do seu CU, vagabunda!!!!