Marina Mantega: “Meu pai não merece isso”

Marina Mantega também disse a Bruno Astuto que nunca chorou tanto na vida, mas isso não a impediu de gravar ontem o programa Pânico, da Jovem Pan.

“Meu pai não merece isso. Você pode até discordar da maneira como ele geriu a economia, mas ninguém pode acusá-lo de corrupção. Ele sempre foi uma pessoa correta, ética, nunca recebeu ninguém sozinho para que ninguém levantasse qualquer suspeita sobre sua conduta.”

Precavido, ele.