Marina ‘moderada’

Até o fim da campanha, Marina Silva focará — ainda mais — no eleitorado “moderado”, noticia a Crusoé.

O objetivo é tentar mostrar que ela é a única candidata “da transição”.

Leia aqui a nota completa.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 20 comentários
  1. Marina, como relegar você, que é contra a reeleição, favorável à Lava Jato e alheia à fossa séptica que enrica o Quadrilhão Multipartidário? O contribuinte, porém, exige políticos + proat

  2. Ninguém aguenta mais esse tipo de político. Apoia Lula mas não apoia, apoia o aborto, mas não apoia. Quer agradar todo mundo mas não agrada ninguém. Vai perder a eleição com moderação.

  3. Ela vai pro lado da esquerda(orcrim),obvio,nao importa q eles sao todos ladroes e corruptos.Ela precisa ficar bem com os globalistas q vestem essa fantasia do polit correto,sao os q financiam ela.

  4. Como he burra e tapada essa mulher.Ela nao viu ainda q nao existe mais “eleitor moderado”?Ou he esquerda ou direita,essa jumenta nao viu isso ainda.Por isso ela so tem 1 % de voto,gracas a Deus

  5. O voto útil é a força dos brasileiros contra a volta da ORCRIM. Pensem com cuidado, nossa pátria é tudo o que temos. Bolsonaro-Mourão são os únicos candidatos de direita, portanto é 17 1º tu