Marina: “Se o Congresso decidir legalizar o aborto, eu vetaria”

Marina Silva, em sabatina da Veja, disse nesta quarta-feira que vetaria a legalização do aborto caso o tema fosse aprovado pelo Congresso.

Para a candidata da Rede, deveria ser feita uma consulta à população por meio de um plebiscito para aumentar as possibilidades de legalização.

“Se o Congresso decidir [legalizar o aborto], eu vetaria. Se for para ampliar para além disso [as hipóteses de aborto legal], que seja por um plebiscito. Que 513 deputados e 81 senadores não substituam 200 milhões de brasileiros”.

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 96 comentários
  1. Enquanto achou que tinha chance esse jabuti de óculos nunca abriu a boca a respeito. Agora que a vaca foi pro brejo ela se dá o direito de falar o que pensa. Se preparem que lá vem muita boquirroti

  2. Desista Marina, seus eleitores já abortaram o voto que pretendiam lhe dar e já geraram outro novinho que irão despejar na urna a favor do Bolsonaro. Daqui a 4 anos você aparece de novo. Bolsonaro

  3. Não sei se as pessoas são desonestas ou tem dificuldade em interpretação de texto. O que ela diz a anos quando perguntada é o mesmo: A unica forma legitima é legalizar o aborto é através de pl

  4. Ué mas não é exatamente essa a justificatica para a chamada democracia representativa? Os congressistas não são a voz do povo? Semi deuses acima das leis? A marina é muuuuuito fraca e desprepaea

    1. Percebeu que sua popularidade era – uma vez mais – nada mais que hype da imprensa e agora está desesperada para ganhar os votos dos evangélicos. Pode esquecer!

  5. Marina Silva deveria ter a honradez de abandonar a corrida presidencial e pedir a seus eleitores que transfiram seus votos ao Jair Bolsonaro. País não pode se dar ao luxo de eleger Lula/PT novamente

  6. BOLSONARARO vai ganhar no primeiro Turno. Mas se por azar der segundo turno vocês vão ver a maior revoada de Tucanos jamais vista no Brasil. Decepção com PSDB apoiando PT será implacável.

  7. Marina não vale uma pá de esterco! Fazendo média com a vida humana. Ela é a favor do aborto! Vetaria para fazer um Plebiscito. Como se a vida humana de uma criança precisa de plebiscito para nasc

  8. O socialismo não é político e religião satânica. Seus principais alvos: a fé, a família e as crianças. Com tantas coisas urgentes ele se pauta das drogas, abortos e ideologia de gênero.

  9. O mal NUNCA se expõe. Sempre caminha pelas sombras, disfarçado e oculto. Se essa religião satânica do socialismo se apresentasse como tal ao invés de política seria mais fácil combater.

  10. Quando as pessoas entenderem que descriminalizar o aborto não o torna obrigatório, apenas legal, vão parar de se meter na vida dos outros. O mundo já está cheio de crianças indesejadas e maltr

    1. Acredito que válido seria investir, maciçamente, em métodos anticoncepcionais. Abortar é tirar o direito à vida. Isso não é justo para os abortados.

    2. Não entendi seu argumento. Se crianças são vistas como indesejadas, elas devem ser mortas, é isso? Vale o mesmo para idosos? Incapazes? Como é seu conceito de ética?

    3. Quando as pessoas entenderem que descriminalizar o aborto é assassinar crianças no ventre. Olhe no youtube um aborto, como um feto luta pela vida, foge das pinças que destroças suas perninhas.

  11. Engraçado a Marinassauro sempre disse que tudo tem que ser “discutido com a sociedade…”. Mas ae quando e coisa que ela é contra vale o voto do presidente? Pensei que isso era coisa de ditador rs

  12. E aí, já fez a sua parte? Vai ficar fora dessa? Onde estão os votos que solicitamos para o MITO? Depois não adianta chorar. Vejam o que acontece na Venezuela. É isso que querem para seus filhos.

  13. Eu declaro GUERRA ao socialismo, ao comunismo e suas variações! Principalmente aqueles que usam das escolas e igrejas para difundir esse sistema diabólico. Não a doença da ideologia de gênero e

  14. Aff… cliquei na notícia pra comentar “too late”, mas me deparei com uma declaração ainda mais confusa do que o que ela já falava. Essa mulher não se decide! Ou quente, ou frio. O morno se vom

  15. É uma piada! Esse pessoal doente mental de esquerda pensa que todos são imbecis que nem eles. O único compromisso dessa ET é a agenda comunista e acabou. Para de hipocrisia!!!! Volta pro seu plane

  16. Vetaria no Congresso e aprovaria em plebiscito… Seria o mesmo que trocar 1/2 dz por 6. De qquer forma Da. Marina, caso o aborto ñ fosse proibido muitos ñ estariam aqui p opinar sobre o assunto. #1

  17. UÉÉÉÉÉ! Mas não foi a distinta que semana passada mesmo disse que fazer uma nova constituição sem os 513 deputados, e submete-la a um plebiscito era um golpe? Congresso só quando convém, né

  18. Ninguém acredita numa pessoa que foi desmascarada pelos esquerdistas irmãos ideológicos dela, como Plinio de Arruda. A escolha do vice não ajuda. O que ela fala hoje, não se sustenta amanhã.

  19. E aí, já fez a sua parte? Vai ficar fora dessa? Onde estão os votos que solicitamos para o MITO? Depois não adianta chorar. Vejam o que acontece na Venezuela. É isso que querem para seus filhos.

  20. Está fazendo o jogo junto com o CHUCHU pra favorecer o poste.Chuchu encarregado e atacar, tartaruga tirar votos evangélicos.Que joguinho rasteiro e sem vergonha.A tarta se presta pra capacho também

  21. Precisamos nos unir e chamar o Haddad de BOLSA CRACK, acusando-o de destruir vidas e financiar o tráfico com o dinheiro dos nossos impostos, porque foi isso que ele fez. Isso aumentará sua rejeiçã

  22. A bala de prata para derrubar o Haddad é o BOLSA CRACK, isso que acabou com sua reeleição em São Paulo, pq dar dinheiro público na mão de drogados para se destruírem é pior do que roubar meren

  23. Haddad é BOLSA CRACK, dar dinheiro público na mão de drogados é estimular a violência e financiar o tráfico, é pior do que roubar merenda. Por isso ele perdeu em Sampa, vamos informar o povo