Marina Silva e o petismo pasteurizado

A coluna de Lauro Jardim, em O Globo, informa que Marina Silva fez uma uma reunião com seu pessoal e anunciou ser contra o impeachment, porque não há elementos contra Dilma Rousseff.

Marina Silva não está nem aí para o país: quer herdar os votos petistas, com um petismo pasteurizado.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Tudo Celular disse:

    Marina só aparece de 4 em 4 anos pedindo voto, dps some ninguém nunca ouve falar dela.