Marina: "Sociedade está pagando muito alto por essas isenções"

Em sabatina de Folha, UOL e SBT, Marina Silva disse hoje que, se for eleita, vai rever a política de subsídios a setores econômicos, mas manterá parte das isenções. Não quis, no entanto, especificar em quais áreas.

Para a presidenciável da Rede, existe uma “indústria do subsídio no país” e é necessário “acabar com a farra do Refis” (programa de refinanciamento de dívidas tributárias), para direcionar recursos para políticas prioritárias.

“É muito fácil defender o livre mercado, a livre iniciativa, e na primeira oportunidade ir no balcão do governo fazer determinado tipo de isenção. Isso não é justo. A sociedade brasileira está pagando um preço muito alto por essas isenções”, afirmou Marina.

Comentários

  • Marina-LULA-Silva-Candidata-da-GLOBO -

    Mas quais isenções a LULA de SAIAS é contra? A ZONA FRANCA de MANAUS, o SIMPLES? Ou será que ela vai enfrentar as isenções para Igrejas Evangélica ou para as Organizações GLOBO e ONGS? Ela é PEDANTE

  • RENATO -

    Traduzindo: "Entao eu nao acho que sim, nem que nao, muito pelo contrario... " - ah vá catar coquinho Dona Zilda....

  • Capixaba -

    As mulheres são fortes e decididas e verão em Marina um arremedo. Não decide nada, não se compromete, não arrisca...Mulher não é o que Marina quer mostrar. Mulheres brasileiras estão com Bolsonaro.

Ler 16 comentários