Marina: “Sociedade está pagando muito alto por essas isenções”

Em sabatina de Folha, UOL e SBT, Marina Silva disse hoje que, se for eleita, vai rever a política de subsídios a setores econômicos, mas manterá parte das isenções. Não quis, no entanto, especificar em quais áreas.

Para a presidenciável da Rede, existe uma “indústria do subsídio no país” e é necessário “acabar com a farra do Refis” (programa de refinanciamento de dívidas tributárias), para direcionar recursos para políticas prioritárias.

“É muito fácil defender o livre mercado, a livre iniciativa, e na primeira oportunidade ir no balcão do governo fazer determinado tipo de isenção. Isso não é justo. A sociedade brasileira está pagando um preço muito alto por essas isenções”, afirmou Marina.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Marina-LULA-Silva-Candidata-da-GLOBO disse:

    Mas quais isenções a LULA de SAIAS é contra? A ZONA FRANCA de MANAUS, o SIMPLES? Ou será que ela vai enfrentar as isenções para Igrejas Evangélica ou para as Organizações GLOBO e ONGS? Ela é PEDANTE

Ler comentários
  1. RENATO disse:

    Traduzindo: "Entao eu nao acho que sim, nem que nao, muito pelo contrario... " - ah vá catar coquinho Dona Zilda....

  2. Capixaba disse:

    As mulheres são fortes e decididas e verão em Marina um arremedo. Não decide nada, não se compromete, não arrisca...Mulher não é o que Marina quer mostrar. Mulheres brasileiras estão com Bolsonaro.

  3. Aderval disse:

    Ainda hoje ouvi no rádio que vem mais uma conta de energia para tudumundo, ainda da farra (ou orgia como diz Jucá) da Dilma com energia barata. Vai curííííintia, digo Vai Senadora Dillllllma!

  4. Ricardo disse:

    É verdade, as isenções(principalmente as isenções compradas)só não afetaram os salários e aposentadorias ds funcionários públicos, o resto foi afetado. Quem vende isenções é o mundo político d. Marina

  5. Claudio disse:

    Marina sendo Marina: diz que tal coisa é necessária, mas na hora de explicar como fazer, sai pela tangente.

  6. FernandoDias disse:

    Outro defendendo aumento de impostos. Importante o eleitor decifrar as entrelinhas desses demagogos.

  7. Chris disse:

    Ela nunca entra em detalhes, sempre diz que ainda está analisando, vamos ver é assim, vai jogando pra galera, agradando uns e outros. Ela não me engana.

  8. Goreba disse:

    Coitada, muito fraquinha! Se continuar com esse discursinho não chegará ao 2º turno.

  9. Rafael disse:

    São os escolhidos sem critério técnico.

  10. Marcio disse:

    Façamos assim Marina: 1) Privatize TUDO; 2) Já que não tem prejuízo com estatais, abaixe os impostos. 3) Após diminuir os impostos, pode extinguir as isenções.

    1. Ela enrola porque é contra diminuir o estado, simples assim e senso comum na esquerda.

  11. AntiPetralha disse:

    Abrir importações, convidar empresas internacionais para o brasil, acabar com subsídios, isenções, bolsa família e todas essas merdas. Quem quiser dinheiro que vá mover o cu e trabalhar. Chega.

  12. Capitalista disse:

    Claro que não quis especificar em quais áreas... e essa múmia lá especifica alguma coisa ? Não emite posição a respeito de nada de forma concreta. Nós sabemos, por que lemos o plano de governo dela.

  13. Carmencita disse:

    Só que quem governou o país foi a esquerda(gente igual a ela) que não empunha a bandeira do livre mercado e da livre iniciativa.