Marinho diz ser ‘normal’ que modificações sejam feitas na reforma

Rogério Marinho, secretário especial da reforma da Previdência, voltou a dizer que é “normal” que o Congresso a proposta enviada pelo governo.

“Normal que, quando se apresenta um texto dessa complexidade, modificações sejam feitas. Defendemos que seja mantida a espinha dorsal da proposta da reforma e o impacto fiscal.”

Ele explicou o que é a “espinha dorsal”:

“Envolve a equidade, contribuição proporcional à renda, idade mínima, regra da transição e, sobretudo, a igualdade entre o RPPS e o RGPS.”

Marinho acrescentou que não haverá texto alternativo na Câmara. Segundo ele, um “ruído de comunicação” provocou essa confusão.

Leia também:

Previdência: o que causou a confusão e qual é a ideia

O Antagonista+: podcasts exclusivos com os comentários e análises de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Diego Amorim e Renan Ramalho. CONFIRA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. GCChaves disse:

    Avisa pra esse babaca, que o povo QUER a APROVAÇÃO das Reformas da Previdência e do Anti-crive, na INTEGRALIDADE, do jeito que chegou no congresso. Entendeu ou quer que desenhe? CENTRÃO = CORRUPÇ

Ler comentários
  1. Illa disse:

    Não vem com conversa mole,Marinho.Querem desfigurar o texto!Deputados e senadores estão preocupadíssimo com a idade que o povão vai aposentar!Estão preocupados é com as mordomias deles!!!

  2. Roberto disse:

    Tem que ter regra de transição, senão é muito injusto, além de insconstitucional.

  3. Pedro disse:

    Sistema tem que ser justo, equilibrado e sustentável. Regras iguais para TODOS, sem privilégios

    1. Odiei o PT por 16 anos por conta dos "privilégios", agora odeio o governo Bolsonaro por utilizar de novo o "nós e eles".

  4. Eny disse:

    Sereno, tranquilo, sem dar chiliique, esse secretário Marinho vai comquistando e cativando gregos e troianos do congresso nacional, por ser assim, aposto que a nova previdência será aprovada.

    1. Vai é ganhando uma puta grana dos bancos e do mercado para fazer o que eles quiserem isso sim!

  5. Roberto disse:

    Conto com a casa do povo para a humanização dessa reforma.

  6. Chrisoula disse:

    Essa gente fala demais! Decidam o que vão manter ou irão cortar e VOTEM a favor do Brasil.

  7. Helio disse:

    Paulo Guedes reúne oa melhores cérebros para contruir uma proposta ideal, vai lá o zé propina e se acha no direito de alterar. Cai fora bandido.

    1. Hélio, fazer alteraçoes é normal, agora o que vai ser alterado, é outra coisa.

  8. Renata disse:

    O Antagonista nao acha normal que a reforma seja revista pelo Congresso? Alguem, no mercado financeiro ou os "chefes", acha que um parlamento cheio de representandes de corporacoes nao iria mexer no