Mariz diz que Janot já esteve com Temer fora da agenda

Antonio Cláudio Mariz afirma, na CCJ da Câmara, que Michel Temer não recebeu Joesley Batista “na calada da noite”.

“Não foi na calada da noite, foi às dez e pouco da noite, onze horas.”

Segundo o advogado, o procurador-geral também já esteve várias vezes com o presidente à noite, sem estar na agenda.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 17 comentários
    1. A expressão “na calada da noite” significa no silêncio, às escondidas, e não tem relação nenhuma com o horário literal, seu advogado pulha! Foi como Temer recebeu Joesley, fora da agenda, de noite, na garagem do Palácio, sem testemunhas, sem câmeras, entrando pelos fundos, seu advogado pulha!

    2. Se já se encontraram fora da agenda, foi no Palácio? Entrou pela porta da frente ou ficou na garagem? Se apresentou como Janot ou usou outro nome? Primeiro erro – por que o presidente pode receber pessoas sem registrar a identificação? Nem em condomínio não se deixa entrar sem permissão, sem dizer quem é! O erro já parte da presidência! Já está mais do que na hora de estabelecer limites e considerar a presidência como pertencente ao povo e não como algo que seja da pessoa que a assume! Por isso o roubo desenfreado… e ainda acham que está certo, que é um desaforo cobrarmos qualquer coisa!

    3. A Globo emplacou esse “na calada da noite”. Será que a liderança da Globo nesta conspiração tem haver com o anexo Globo na delação do Palocci?? Isso explicaria muita coisa. Tira o pt e lula da mídia negativa. Dá esperança ao Palocci de sair da cadeia sem delatar.

    4. Janot, quem te conhece não te compra!!! Fachin, então, sem comentários, esse Fachin já ministro donSTF, chegou às 21:00 da noite de um dia, e só saiu da casa do Joesley Safadão no outro dia às 6:00. Se os deputados entrarem na onda do Jabot, amanhã todos estarão sujeitos a serem gravados ilegalmente, realmente Ru não sei aonde esta as cabeças desses deputados, só podem estar em 2018, o problema é que até 2018, muita água ainda vai passar por debaixo da ponte, esses deputados não tem garantias nenhuma que seus eleitores de fato aprovem uma destituição tão açodada de um presidente.

    5. Janot se apresentou com nome falso? Foi recebido na garagem ? Tratou de ajuda a um presidiário? Nomeou intetlocutor que foi filmado carregando 500 mil ? Temer é um gatuno tão bobo que um bêbado consegue pegar ele falando mer….

    6. Isso é quase um argumento frontalmente “ad personem” , que é quando a defesa tenta desqualificar a pessoa acusador, baixando o nível da discussão ao dos crimes cometidos e narrados. Haja fígado!

    7. Mas Janot, embora petista e prevaricador, não é, ainda, investigado nem acusado formalmente de nada. OS DONOS DA JBS ERAM INVESTIGADOS quando Temer resolveu receber um deles na calada da noite. Além do mais, não consta que Janot ao ser recebido por Temer tenha prometido a ele malas e malas de dinheiro.