Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marketing seletivo

Entre as emissoras de TV aberta, a Rede Globo ficou de fora das ações de marketing para promover a reforma da Previdência.

O efeito é simples: menos brasileiros serão atingidos pelo marketing de uma reforma essencial para o país.

Atualização: à noite, a Secom esclareceu que a Globo terá comerciais veiculados nos intervalos de sua programação, mas não merchandising nos programas, proibidos pela emissora para ações do governo.

Moro na linha de tiro: o ex-juiz que virou ministro vai suportar o jogo pesado de Brasília? LEIA AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO