Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marun não quer deixar para depois

Carlos Marun, o falastrão, recuou dos pedidos de indiciamento de Rodrigo Janot e Eduardo Pelella porque temeu que os trabalhos da CPMI da JBS fossem prorrogados sem a aprovação do relatório final e sem a presença dele, que assumirá amanhã a Secretaria de Governo.

Os integrantes da comissão deverão votar ainda hoje o relatório de Marun, com ataques à delação premiada e em defesa do projeto de abuso de autoridade.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO